Manifestações de Pablo Megracko

Espaço dedicado às manifestações do companheiro Pablo.

Gabriel

1 de mai de 2011

Alex

.
Vai-te, irmão
Ser vida no vale das sombras
e na chama das velas
Não deixas nada que nós aqui
almejamos ganhar

Vai, Alex
Ser luz de tarde nas ondas
e do mangue os insetos
Ser o Oeste e o deserto diz:
"Tua alma é meu lar"

Vai sem dó dos que ficam
porque estes homens têm muito o que andar
Torna-te em luzes que singram
no vácuo do sangue em nós a pulsar

Vai-te no pó do infinito
porque o teu nome não vão mais chamar
Porque os homens que dormiram
não vão mais poder contigo voar

Porque agora és sagrado
Um sol cravado no fundo do mar
Porque agora és mistério
Um velho prado na luz do luar

És a fé dos homens sábios
como a vida te deu de pensar
Porque agora és o ferro
da estrada de trilhos e a tarde a findar

Vai, irmão
Dizem que os mais espertos vão antes
Você agora é mais esperto que eu
Você agora passeia entre os elefantes
E a tua alma eu agora canto
pra lembrar teu batuque entre os meus

Descanse em paz no ventre de Deus.

5 comentários:

  1. o que farão os ossos de alex desagregados? buscarão, outra vez, sua forma?

    ResponderExcluir
  2. grande gabi... saudades!
    abraço!

    ResponderExcluir
  3. emocionou, a mim e à Nathália, e tenho certeza, a todos que conheciam o Alex. Linda homenagem!

    ResponderExcluir
  4. vc me abandonou gabi... seu nick não aparece mais nos meus seguidores...

    ResponderExcluir