Manifestações de Pablo Megracko

Espaço dedicado às manifestações do companheiro Pablo.

Gabriel

1 de mai de 2011

Estrada de Todo o Sempre

.
Vejo chão, vejo céu, vejo não
Só me vou, tu não vens, arde o sol
Voa o trem, vai amor, dorme o sol
Bem na beira vai passando a tua mão...

... vem comigo ser feliz na escuridão
Chama o povo pra sair da solidão
Diz pra Glória e pra Maria que eu já vou
Vou sem pressa, vou sentido que tu for

Me clareia meu caminho até o fim
Leva a rosa pra você gostar de mim

            ---       ---       ---

Vem chegando o Outono na estação
Vou chamando toda a gente pra visão
Vem cantando cada voz o seu refrão
Vou ouvindo o clamor da multidão
Dizem: Pai, dá pra gente a sua mão

Vou embora pronde a lua seja o Sol
Pronde o sol seja luz no meu Sertão
Vou caminhar, vou procurar o meu Amor

Vou sem pressa vou sentido que tu for
Alumia meu caminho até o fim
Leva a rosa pra você lembrar de mim...

2 comentários:

  1. Caberia uma música aí, principalmente na segunda parte... Mas teriam que se fundir, música e texto, completamente.

    ResponderExcluir
  2. Oi guri! Suas poesias são realmente muito boas! Algumas realmente me emocionaram, outras fizeram com que eu me identificasse e ainda existiram aquelas que me causaram estranheza por um certo tom soturno. É engraçado tentar vislumbrar o poeta através de seus versos... ou do seu olhar...

    Viva a arte, sempre!

    Van.

    ResponderExcluir